Benedito de Assis da Silva iniciou sua carreira de jogador de futebol no interior paulista e somente aos 28 anos chegou a um clube considerado grande: o São Paulo. Passou pelo Internacional/RS e aos 30 anos chegou ao Athlético Paranaense, onde fez dupla famosa com Washington, levando o clube ao título estadual de 1982 e a semifinal do Brasileiro/83. Nesse mesmo ano, os dois chegaram ao Fluminense/RJ, onde conquistaram o tricampeonato Carioca (1983/84/85) e o Brasileiro/1984.

Os títulos do Campeonato Carioca de 1983 e 1984 saíram dos pés de Assis. Em 1983, uma combinação de resultados num triangular entre Fluminense, Flamengo e Bangu fez o tricolor sagrar-se campeão. Em 1984, o rubro-negro venceu a Taça Guanabara, o Vasco da Gama a Taça Rio e o Fluminense fez o maior número de pontos nos dois turnos, credenciando-se a participar do triangular que decidiu o Carioca. Fla e Flu venceram seus jogos contra o Vasco e fizeram a final. Não havia saldo de gols. Um empate e haveria um novo jogo para decidir quem seria o campeão. Zagallo e Carlos Alberto Torres eram os treinadores das equipes rubro-negra e tricolor, respectivamente. O Mengo com seis remanescentes do título mundial de 1981: Leandro, Mozer, Andrade, Adílio, Tita e Nunes.

O enredo lembrou o ano anterior. Jogo equilibrado e, novamente, gol de Assis na mesma baliza. O lateral-direito Aldo repetiu o excessivo treinamento da bola aérea na área adversária e centrou para encontrar Assis sozinho, livre de marcação, que pegou uma cabeçada de jeito e Fillol nada pôde fazer. Dois gols decisivos em decisões consecutivas num Fla-Flu foi o suficiente para a torcida tricolor batizar Assis de “o Carrasco do Flamengo”.

A decisão do campeonato carioca de 1984 fará 35 anos no dia 16 de dezembro. Assis jogou 14 (catorze) vezes o Fla-Flu. Marcou 05 (cinco) gols.

Se estivesse vivo faria hoje, 12.11.2019, 67 anos. Morreu em julho/2014, de insuficiência renal.

Créditos de Imagens e Informações para criação do texto: Grandes Jogos do Maracanã (Roberto Assaf e Roger Garcia)