P-47 Aviação e História

Sabe onde era este local em Natal durante a guerra?

Sabe onde era este local em Natal durante a guerra?

Em 1941, um fotógrafo norte-americano realizou diversos registros da cidade de Natal com algumas imagens publicadas pela revista Life, em matéria sobre bases na América do Sul. Outras fotos não chegaram a ser publicadas, contudo e graças à internet, vieram a pública. Uma delas é o registro da loja Agência da Companhia Hamburgueza Sul-Americana do comerciante Ernest Luck – tem um post sobre ele aqui – na Travessa Venezuela, número 42.

Travessa Venezuela, nº 42, na Ribeira (Foto: Leonardo Dantas)

O motivo da foto específica deste local nunca saberemos, porém, especula-se que o fotografo tenha se interessado pela marca ser uma subsidiária alemã. Apesar do Brasil e os EUA não estarem oficialmente em guerra durante quase todo o ano de 1941, o clima já estava tenso e a base de Parnamirim Field quase concluída.

FAB recebe drone da Polícia Federal para atuar na aviação de patrulha

FAB recebe drone da Polícia Federal para atuar na aviação de patrulha

A Força Aérea Brasileira (FAB) incorporou uma aeronave remotamente pilotada, conhecidas também por ARP, ao 1º Esquadrão do Sétimo Grupo de Aviação (1º/7º GAV) – Esquadrão Orugan – com sede na Ala 12, na quinta-feira (17).

O drone foi cedido pela Polícia Federal e será utilizado como avião de patrulha, agindo como ferramenta de inteligência, vigilância e reconhecimento. As ARP’s do modelo “Heron I” são fabricadas pela Israel Aerospace Industries – IAI, denominadas na Força Aérea Brasileira como RQ-1150.

O acordo de operação compartilhada garante duas unidades Heron I, repassadas há exatos dois anos, por meio da Diretriz de Planejamento DCA 11-114.

Fonte: Força Aérea Brasileia (FAB)

Fotos: Sargento Johnson Barros/CECOMSAER

Saab divulga fotos inéditas do "Gripen E" da FAB

Saab divulga fotos inéditas do "Gripen E" da FAB

A Saab, empresa sueca responsável pelo Programa Gripen Brasileiro, divulgou fotos inéditas do “Gripen E”, da Força Aérea Brasileira (FAB 4100), voando ao lado de um “Gripen E” da Força Aérea Sueca. A aeronave é a mesma que se encontra a caminho do Brasil, onde deve fazer um vôo de apresentação em outubro.

Veja outras imagens, clique aqui.

Site que compara cenas da Segunda Guerra Mundial inclui Natal

Site que compara cenas da Segunda Guerra Mundial inclui Natal

O pesquisador mineiro, Marcos Renault, acrescentou em seu trabalho um pouco da história de Natal e a segunda guerra. Ele viaja o mundo em busca de cenas envolvendo o conflito bélico e compara com os dias atuais, disponibilizando o resultado no site Velhas Notícias de Guerra (Old News Of The War).

Em Natal, ele encontrou duas cenas emblemáticas. A primeira, a Rampa, onde em 1943 aconteceu o encontro dos presidentes Franklin Delano Roosevelt e Getúlio Vargas. Outra cena que mereceu a atenção, foi a casa da Avenida Rio Branco, onde estava a jovem natalense observando os soldados na calçada.

Tivemos a oportunidade de conhecer Marcos Renault, em 2017, quando esteve na cidade realizando pesquisa. Seu trabalho se assemelha outros na Europa, em que locais devastados pela guerra são mostrados nos dias atuais.

Link de Natal, clique aqui.

Última edição de jornal americano editado em Natal homenageou oficial brasileiro

Última edição de jornal americano editado em Natal homenageou oficial brasileiro

Sempre que se fala da presença norte-americana em Natal, no período da segunda guerra mundial, os nomes importantes falados são dos yankees, como se apenas eles tivessem relevância histórica. Contudo, muitos brasileiros importantes passaram por aqui e um deles foi o major José Venturelli Sobrinho.

Na última edição do jornal americano editado em Parnamirim Field, em janeiro de 1946, denominado como The SATD Weekly Post, o major é citado como um importante elo entre o Brasil e os Estados Unidos, com direito a um artigo dedicado a sua função de ligação.

Na legeda da foto, o autor do texto o descreve como: Major Venturelli Sobrino é do Estado Maior do Exército Brasileiro, em Natal. Como muitos, ele é um verdadeiro amigo dos norte americanos. Ele é líder e um excepcional oficial.

Em quase todos os relatos da época, Venturelli aparece como representante das forças armadas nas solenidades ou reuniões envolvendo o comando norte americano, em Natal, durante a guerra.

O major pertencia ao então 8º Regimento de Artilharia Montada (8º RAM), onde chegou a subcomandante e ainda oficial de inteligência, provavelmente, por sua fluência no inglês, alemão, italiano, espanhol e francês.

Após a guerra, chegou ao posto de general de brigada com importantes ações culturais para o Exército Brasileiro. Ele é apontado como o autor de mais de 50 canções e hinos das Forças Armadas, inclusive canção do 14º Grupamento de Artilharia e Campanha, da Escola de Sargentos das Armas (ESA) e do Regimento Sampaio, famoso na tomada de Monte Castelo, na Itália.

Sobrinho também era engenheiro civil, aviador, paraquedista, oficial de honra da Infantaria Brasileira e primeiro presidente e fundador da Academia Brasileira de Belas Artes (ABBA). Ele faleceu em 1981, aos 81 anos.

OFICIAL: Aeroporto de São Gonçalo do Amarante em processo de relicitação

OFICIAL: Aeroporto de São Gonçalo do Amarante em processo de relicitação

Aeroporto de São Gonçalo do Amarante foi inaugurado em 2014 para a Copa do Mundo (Foto: Pedro Vitorino)

O Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal, entrou oficialmente em processo de relicitação, de acordo com o decreto nº 10.472/2020, que dispõe sobre a qualificação do equipamento no âmbito do Programa de Parceriais de Investimentos da Presidência da República (PPI).

O documento assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e o minstro Paulo Guedes, revoga o decreto anterior, Nº 7.205/2010, o artigo 22 do decreto Nº 7.624/2011.

Segue texto na integra do decreto:

 

Presidência da República
Secretaria-Geral
Subchefia para Assuntos Jurídicos

DECRETO Nº 10.472, DE 24 DE AGOSTO DE 2020

 

Dispõe sobre a qualificação do Aeroporto Governador Aluízio Alves no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República - PPI para fins de relicitação.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 84, caput, incisos IV e VI, alínea “a”, da Constituição, e tendo em vista o disposto no art. 4º da Lei nº 13.334, de 13 de setembro de 2016, no art. 2º da Lei nº 13.448, de 5 de junho de 2017, e na Resolução nº 122, de 10 de junho de 2020, do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República, 

DECRETA

Art. 1º  Fica qualificado, no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República - PPI, o empreendimento público federal do setor aeroportuário Aeroporto Governador Aluízio Alves, localizado no Município de São Gonçalo do Amarante, Estado do Rio Grande do Norte, para fins de relicitação.

Art. 2º  A qualificação de que trata o art. 1º perderá sua eficácia e será considerada extinta para todos os efeitos na hipótese de o Termo Aditivo ao Contrato de Concessão do Aeroporto Governador Aluízio Alves, para fins de relicitação, não ser firmado no prazo de noventa dias, contado da data de publicação deste Decreto.

Art. 3º  Ficam revogados:

I - o Decreto nº 7.205, de 10 de junho de 2010; e

II - o artigo 22 do Decreto nº 7.624, de 22 de novembro de 2011.

Art. 4º  Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 24 de agosto de 2020; 199º da Independência e 132º da República. 

JAIR MESSIAS BOLSONARO
Paulo Guedes

 

Mais informações: https://legislacao.presidencia.gov.br/atos/?tipo=DEC&numero=10472&ano=2020&ato=e3eMTVE1UMZpWT513

 

 

Blogs


Clique aqui e receba nossas notícias gratuitamente!