Educação Dialógica

21/06/2019 21:16

Escola estimula valores humanos através da Natação

Escola estimula valores humanos através da Natação

É fato constatado que uma boa parcela da população adota posturas de desrespeito ao próximo, às leis e ao bom convívio social. A sociedade impõe grandes desafios para pais e educadores e, muitas vezes, cabe à escola mediar algumas situações de conflito envolvendo crianças. Nesse contexto, a educação por meio do esporte é uma boa alternativa.

Em Natal, a Escola Lápis de Cor trabalha a aprendizagem das habilidades por meio de atividades lúdicas também nos esportes. Através da Metodologia Gustavo Borges, a Natação ganha destaque na instituição com os projetos realizados no meio aquático. O Conquista é um desses projetos, que contempla nas aulas de Natação o aprendizado de valores humanos.

Segundo explica a coordenadora de Esportes da Escola, Ariadna Jácome, para cada nível de aprendizagem foi associado um comportamento que deve ser estimulado pelos professores durante as aulas: descoberta, iniciativa, imaginação, liberdade, curiosidade, responsabilidade, união e conquista.

"O projeto tem um passaporte que foi entregue a cada criança, sendo um documento do aluno no processo de aprendizagem da natação. No final de cada trimestre, a criança recebe um pach para ser colado no passaporte, como forma de celebrar o comportamento aprendido", disse a coordenadora.

18/06/2019 22:23

Instituto Metrópole Digital abre processo seletivo para jovens superdotados

Instituto Metrópole Digital abre processo seletivo para jovens superdotados

O Instituto Metrópole Digital (IMD), unidade complementar da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), abriu processo seletivo para jovens com altas habilidades ou superdotação. A iniciativa visa fornecer formação em Tecnologia da Informação (TI) através do programa Talento Metrópole. 

Para concorrer às vagas, o candidato deve ter idade de até 19 anos e se inscrever exclusivamente por meio do formulário online, até o dia 27 de junho. Também é necessário o envio de toda a documentação exigida no edital para o endereço de e-mail talentometropole@imd.ufrn.br

Segundo o IMD, a seleção para ingresso no Talento Metrópole acontece em duas etapas. A primeira consiste em um teste (de avaliação de habilidades em TI, inteligência e criatividade), a ser realizado no dia 29 de junho, às 8h, na sede do Instituto. Os 45 aprovados nessa fase participarão da segunda etapa do processo seletivo, que toma forma no Curso de Inverno do IMD – semana de formação e oficinas de TI, que vai acontecer de 8 a 12 de julho.

Com base na participação no Curso de Inverno, será feita análise de desempenho com geração de média para cada participante. Os que atingirem as melhores médias serão convidados para participar do Talento Metrópole. O resultado está previsto para ser divulgado no dia 22 de julho, no portal do IMD, na aba “Editais”.

 

 

18/06/2019 12:20

Para ministro, bloqueio de verbas não afeta o funcionamento das universidades

Para ministro, bloqueio de verbas não afeta o funcionamento das universidades

Indo na contramão do que alegam as universidades públicas, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, declarou nesta segunda-feira (17) que o contingenciamento não afetou diretamente nenhuma instituição de ensino no país. O discurso foi feito em Petrolina, sertão de Pernambuco, durante evento em que foi anunciado liberação de recursos para a região. 

As reitorias das universidades federais dizem que podem ficar sem recursos para operar já a partir do segundo semestre. No total, considerando todas as universidades, o corte é de R$ 1,7 bilhão, o que representa 24,84% dos gastos não obrigatórios (chamados de discricionários) e 3,43% do orçamento total das federais.

“A gente já recebeu todos os reitores que quiseram conversar. A gente já está falando de contingenciamento há dois meses e pouco. No começo os grandes veículos de comunicação disseram: Olha vai fechar, vai quebrar, vai falir e absolutamente não tem um único exemplo até agora de aula interrompida, fruto do contingenciamento, porque a verdade aparece", declarou Weintraub, conforme reportagem publicada pelo G1. "Passado dois meses, a verdade apareceu. A gente está tendo que apertar o cinto em 3,5% que é administrável e isso não afetou diretamente o funcionamento de absolutamente nenhuma instituição de ensino no país”, ressaltou.
 

15/06/2019 07:07

Escolas militares: a (im)possibilidade de contemplar todos os estudantes

Escolas militares: a (im)possibilidade de contemplar todos os estudantes

Rotina com horários mais rígidos. Regras de vestimenta e aparência. Continência. Disciplina. Já não é novidade para o brasileiro: o governo Jair Bolsonaro quer aumentar a quantidade de escolas militares no país e Natal, capital potiguar,  será uma das primeiras cidades a receber esse 'conceitual' modelo escolar.

A solicitação de uma escola militar em Natal partiu do mandato do deputado federal General Girão, que entregou pessoalmente um ofício ao ministro da Defesa, também general, Fernando Azevedo.

Em vídeo publicado em suas redes sociais, o próprio deputado, um dos representantes do RN no Congresso Nacional, enfatizou que espera do Ministério da Defesa a possibilidade de viabilizar a escola militar "para os nossos companheiros da Marinha, da Força Aérea e do Exército Brasileiro terem a condição de melhor acolher os seus filhos, e a sociedade potiguar também". O vídeo completo você assiste aqui.

Os projetos de escolas militares ganhariam mais força se não fossem tão excludentes. No Brasil, o sistema de ingresso nessas instituições é voltado para familiares de militares, prevendo seleção de vagas para a população em geral. Mas o foco é atender a esse grupo seleto, quando na verdade deveria ser de ampla concorrência.

Procurado pelo Blog Educação Dialógica, o deputado Girão disse, através de sua assessoria de imprensa, que ainda não há previsão para a instalação do colégio militar em Natal, mas acredita que o sistema de ingresso  deve ser o mesmo para todo o país, necessitando de concurso de admissão.

Disciplina e pedagogia

Disciplina é um mecanismo utilizado para garantir o controle dos indivíduos que compõem determinada sociedade. No trabalho pedagógico, a disciplina também pode ser entendida como um comportamento adequado ao ambiente escolar ou um meio para que se conviva com o outro (adotando regras e princípios).

Num modelo autoritário de escola - como funciona na escola militar - existe um reforço para o aluno ser obediente. Nesse sentido, a instituição possibilita, através da disciplina, modificar o corpo e a mente do aluno - suas condutas, maneiras de vestir, comportamentos e pensamentos. Alguns educadores acreditam que esse modelo de escola e o uso de regras rígidas demais podem afetar a capacidade cognitiva dos estudantes.

Existe uma linha tênue entre disciplina e autoritarismo - a imposição da vontade pela ameaça, medo e coação. A disciplina não deveria ser associada ao silêncio, medo, ameaça ou a situações de constrangimento. A preocupação desses educadores é com o impacto pedagógico que o controle e a vigilância dos alunos e professores possam ter, como o despreparo educacional por parte dos militares e a possibilidade de "excessos", sem possuírem conhecimento científico/pedagógico para exercer a função.

*O conteúdo deste blog não representa necessariamente a opinião do portal.