Cultura no Ponto

Espetáculo “Querendo...” faz apresentação virtual neste final de semana

Espetáculo “Querendo...” faz apresentação virtual neste final de semana

Entre Nós Coletivo de Criação realiza o espetáculo “Querendo...” em apenas duas apresentações, dias 27 e 28 de fevereiro, online, com distribuição gratuita e limitada de ingressos. As senhas podem ser reservadas no Sympla e as apresentações acontecem às 17 horas.

"Querendo..." é uma peça que trata da tentativa de construir um relacionamento amoroso e fala dos encontros e desencontros. O espetáculo toca no tema do assédio feminino, os interesses paralelos e propõe um imaginário, aguçando outras questões e dando a possibilidade do público ter o próprio entendimento. Através da coreografia são feitos vários questionamentos do espetáculo com humor, leveza e movimentação. 

A direção de “Querendo...” é de Diana Fontes, com coreografia de Henrique Rodovalho. A trilha sonora é feita por Danilo Guanais, já a iluminação fica por conta de Marcelo Zamora. Estão no elenco os bailarinos João Alexandre Lima, Thazio Menezes e Anádria Rassyne. 

No dia 27 de fevereiro, às 16h, também haverá um bate-papo sobre a construção do espetáculo com o elenco e a diretora Diana Fontes no canal do Youtube do Entre Nós.

A ação é uma realização de Diana Fontes Direção e Produção Cultural, com recursos da Lei Aldir Blanc e tem patrocínio da Prefeitura de Natal e do Governo Federal.

 

Temporada online do Espetáculo "Querendo..."
Dias 27 e 28 de fevereiro, às 17h
Ingressos gratuitos: www.sympla.com.br/dianafontesdirecaoeproducaocultural

 

Contato - Cultura no Ponto: ivakaren@yahoo.com.br

Live O Misterioso Mascarado apresenta acrobacias no trapézio e muita diversão

Fotos: Coletivo Chocolate

Live O Misterioso Mascarado apresenta acrobacias no trapézio e muita diversão

O Misterioso Mascarado, espetáculo que mistura a performance de trapézio circense e da comicidade de um palhaço enigmático e desconhecido do público, será transmitido em formato de live nos dias 25 e 26 de fevereiro, às 20h, por meio do Instragram @megastvbr.
 
Com a atuação do trapezista e palhaço Gabriel Hernan Rodriguez, ou Fino, a montagem será transmitida do Galpão da Tropa Trupe e contará com acrobacias aéreas no trapézio com vários movimentos e técnicas utilizando as linguagens do clown e da comicidade, a fim de contar a história do Misterioso Mascarado.  

A exibição, que terá cerca de 25 minutos, pretende dar visibilidade às produções artísticas e autorais da linguagem circense criadas no Rio Grande do Norte, proporcionando o acesso à população aos saberes da palhaçaria, do trapézio circense e do circo contemporâneo. 
 
A apresentação de “O Misterioso Mascarado” será realizada com recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

De Fino ao Misterioso Mascarado

A formação de Gabriel Hernan Rodriguez - o palhaço Fino Galager - na arte circense se inicia no seu país de origem, a Argentina, e passa pela Escola de Circo Trivenchi e pelo Circo Listo, ambos em Buenos Aires. Segue com a participação em vários projetos musicais e licenciatura em Audiovisual na Universidade Aberta Interamericana, também localizada na capital argentina. 

Desde 2007, passa a atuar desenvolvendo atividades com linguagens artísticas do teatro, circo, música, audiovisual e performances, conjuntamente com vários grupos, trupes, companhias e coletivos de artistas do Rio Grande do Norte. 

Passa a integrar o grupo Tropa Trupe com o qual realiza vários espetáculos e percorre várias cidades, disseminando a arte circense por todo o país e também no exterior. Junto com o grupo, concebeu e participou dos espetáculos: O Tempo, Achado não é Roubado, Variétés, Tic Tac, A TV Encantada, A Lenda do Trapezista Cego e A Fuga do Espelho. Recebe com o Tropa Trupe importantes premiações em âmbito nacional e internacional como: Prêmio Procultura de Estímulo ao Circo, Dança e Teatro; Edital da Funarte de doação de equipamentos de iluminação cênica; Prêmio Artes Cênicas na Rua, Palco Fora do Eixo; Procultura de Estímulo ao Circo, Teatro e Dança e Iberescena; entre outros.

Também participa de espetáculos, festivais e oficinas em parceria com vários grupos potiguares como: Grupo Gira Dança, Grupo Carmin, Grupo A Boca, Grupo Arquétipos, Grupo Facetas Mutretas e Outras Histórias, Festival de Palhaços do Grupo Estação, Festival do Clowns de Shakespeare, circulação teatral Elefante Cultural e Festival de Histórias do Natal em Natal. 

Live “O Misterioso Mascarado”

Dia 25 e 26 de fevereiro, às 20h

Instagram @megastvbr

Abaeté do Cordel lança e-book que combate a discriminação e o racismo

Abaeté do Cordel lança e-book que combate a discriminação e o racismo

“A menina que quer mudar o mundo” é o mais novo lançamento do poeta Abaeté do Cordel, realizado por meio do Instragram Casa do Cordel. A publicação em formato de e-book é um cordel infantojuvenil que busca combater o preconceito, a discriminação e o racismo entre crianças, jovens e adultos.

O livro narra a história de uma menina negra e amante do cordel que passa por uma mudança em sua vida quando precisa sair, junto com sua família, do Seridó potiguar para a capital.

“É uma história de amor, fraternidade e luta para resistir ao preconceito, discriminação e ao racismo através da poesia”, explica Abaeté, que é o fundador da Casa do Cordel e grande incentivador desta literatura no Rio Grande do Norte, com centenas de títulos publicados em folhetos e livros como literatura de cordel. 

As ilustrações são do artista Erick Lima. O e-book cordel poderá ser baixado gratuitamente no site da editora https://ciadoebook.com.br/ e nas redes sociais da Casa do Cordel ou do autor.

Este livro foi contemplado na categoria de Auxílio à Publicação de Literatura de Cordel da Chamada Pública de Emergência Cultural (Lei Aldir Blanc) da Prefeitura Municipal do Natal, da Fundação Cultural Capitania das Artes e do Governo Federal.

Instagram - @casa.docordel

Sergio Groove é a atração do Som da Mata on-line deste domingo

Fotos: Tiago Lima

Sergio Groove é a atração do Som da Mata on-line deste domingo

Quem sobe ao palco do Som da Mata, disponível nas plataformas digitais, neste domingo (21), às 16h30, é o renomado contrabaixista e multi-instrumentista potiguar Sérgio Groove. Em ritmo nordestino, o show "Baião de Todos" leva o nome da nova música do compositor, inspirada na comida típica do Ceará, baião de dois, e que se tornou identidade para todos os nordestinos.

Em formato de dueto, Groove une seu contrabaixo à percuteria de Silvio Franco, prestigiando também outros compositores que influenciaram gerações e mantêm viva a essência mais pura da música nordestina. Canções como Lamento Sertanejo (Gilberto Gil e Domiguinhos) e Vem Morena (Luiz Gonzaga e Zé Dantas) fazem parte do repertório no qual o contrabaixista representa o ritmo e as melodias sem perder a originalidade de suas próprias técnicas, resultando em uma experiência sensorial única.

O projeto Som Da Mata acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura do Natal, através da Lei Djalma Maranhão, e do aporte financeiro da Unimed Natal, Arena das Dunas e Uniodonto RN, além do apoio do Governo do Estado através do Idema e da Padaria Hora do Pão.

Show Baião de Todos
Plataformas: Instagram (@Somdamata) | Facebook (Som da Mata) | Youtube (Som da Mata)
Publicação: 21 de fevereiro, às 16h30

Moana conta histórias no Bosque Encena

Fotos: Tiago Lima

Moana conta histórias no Bosque Encena

Com um elenco composto por Anne Martins (Moana), Kaik Limenzo (Ryder), Miguel Trigueiro (Chase), Afra Brengartner (Ladybug) e Deyvid Santana (Cat Noir), a Cia Era uma Vez apresenta no Bosque Encena virtual deste domingo, dia 21 de fevereiro, às 10h, o espetáculo "Contos por Moana".

Moana é uma garota forte e destemida, que passou por muitos desafios na sua história. Mas sabia que ela também adora contar histórias? Neste espetáculo, nossa querida “filha do chefe” traz pra você histórias que ela ama: Patrulha Canina e Ladybug. E aí, qual o seu conto preferido?

O projeto Bosque Encena acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura do Natal, através da Lei Djalma Maranhão, e do aporte financeiro do CEI Romualdo Galvão, UNIMED Natal e Espacial Autopeças, além do apoio do Governo do Estado através do Idema e da Padaria Hora do Pão. 

Espetáculo Contos por Moana

Cia Era uma Vez 

Plataformas: Instagram (@bosqueencena) | Facebook (Bosque Encena) | Youtube (Bosque Encena). 

Publicação: 21 de fevereiro (domingo),  às 10h

Encontro Internacional de Dança reúne espetáculos em evento online

Fotos: Rubens Cerqueira

Encontro Internacional de Dança reúne espetáculos em evento online

De 21 e 28 de fevereiro, acontece o 13º Encontro Internacional de Dança Contemporânea. Por conta das medidas de segurança impostas pela pandemia do novo coronavírus, o evento potiguar acontece exclusivamente pela internet. Todas as apresentações serão transmitidas pelo canal do Encontro de Dança no YouTube.

A programação gratuita com curadoria de Diana Fontes, idealizadora e coordenadora geral do evento, inclui espetáculos locais, nacionais e internacionais, além de bate-papos com convidados que são referência no meio artístico. Ao todo, serão apresentados 14 espetáculos, sendo seis internacionais, dois nacionais e seis da Plataforma de Dança do Rio Grande do Norte.

A abertura, dia 21, contará com o espetáculo “As Canções que você dançou para mim”, da Focus Cia de Dança, uma das mais atuantes companhias de dança do Rio de Janeiro.

Nos dias seguintes, o público poderá conferir a mostra Solos Stuttgart, com seis solos premiados no Internationales Solo Tanz-Theater Festival de 2019, realizado na Alemanha. Nesta edição participam bailarinos da Bélgica, Brasil, Canadá, Itália, Israel e França.

Os espetáculos potiguares que compõem a Plataforma de Dança do Rio Grande do Norte foram selecionados através de edital.  São eles: “O Corpo e Uma Farsa”, de Anízia Marques Cia De Dança; “Die Eienen, Die Anderen”, da Companhia Giradança; “Querendo…”, do Entre Nós Coletivo De Criação; “Rio Cor de Rosa”, da Companhia de Dança Do Teatro Alberto Maranhão/CDTAM; “Goldfish”, do artista independente Alexandre Américo e “Dançar Álbuns Inteiros - Ficção", de Álvaro Dantas. Todas as obras selecionadas receberão uma crítica de Cássia Navas, uma das mais renomadas críticas de dança do país.

O evento encerra com apresentação da companhia goiana Quasar, com o espetáculo “No Singular”.

Completam a programação da semana as mesas redondas com temas “A Dança na era Remota”, “Criação a Distância” e “Dança sem fronteiras”. Entre os convidados, Henrique Rodovalho (Quasar Cia de Dança/GO), Marcelo Santos (Solos de Stuttgart/Alemanha), Fabiano Carneiro (FUNARTE/RJ), Alex Neoral (Focus Cia de Dança/RJ), Wanie Rose Medeiros (Cia de Dança do Tam/RN) e Willy Helm, bailarino e coreógrafo.

O lema “Encontrar é preciso”, que há alguns anos tem sido bandeira do evento, segue em uso. “Encontrar mesmo que no virtual tornou-se algo essencial para que tenhamos a possibilidade de superar o isolamento que a situação atual nos impõe. Este formato nos possibilita ainda enxergar mais longe, reunindo artistas e espectadores de além fronteiras”, conta Diana Fontes.

O encontro é promovido por Diana Fontes Direção e Produção Cultural, com recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal. O evento também tem parceria cultural com o Internationales Solo-Tanz-Theater Festival Stuttgart.

PROGRAMAÇÃO

DOMINGO 21.02
20h Abertura do Encontro Internacional de Dança | Live A Trajetória do Encontro Internacional de Dança: Memórias e Afetos com Diana Fontes e convidadas
21h Espetáculo “As Canções que você dançou para mim”, Focus Cia de Dança

SEGUNDA 22.02
21h O Corpo e Uma Farsa - Anízia Marques Cia De Dança
Solo de Stuttgart Loretta Pelosi Oliveira (Brasil)

TERÇA 23.02
21h Die Eienen, Die Anderen - Companhia Giradança
Solo de Stuttgart Lida Cordero Rijo (Itália)

QUARTA 24.02
21h Querendo… - Entre Nós Coletivo De Criação
Solo de Stuttgart Seth Buckley (Canadá)

QUINTA 25.02
20h Live “Arte que transforma vidas” com Diana Fontes e Joana Patino
21h Rio Cor de Rosa - Companhia de Dança Do Teatro Alberto Maranhão/CDTAM
Solo de Stuttgart Nina Plantefeve- Castryck (Bélgica)

SEXTA 26.02
20h Mesa Redonda “Dança sem Fronteiras” com Willy Helm, Marcelo Santos e Diana Fontes
21h Goldfish - Alexandre Américo
Solo de Stuttgart Leïla Ka (França)

SÁBADO 27.02
20h Mesa Redonda “A dança na era remota” com Alex Neoral, Wanie Rose Medeiros e Diana Fontes
21h Dançar Álbuns Inteiros - "Ficção" - Álvaro Dantas
Solo de Stuttgart Shirly Barbie (Israel)

DOMINGO 28.02
20h Mesa Redonda “Criação à Distância” com Fabiano Carneiro, Henrique Rodovalho e Diana Fontes
21h Espetáculo “No Singular”, Quasar Cia de Dança

SERVIÇO
Encontro Internacional de Dança Contemporânea
De 21 a 28 de fevereiro
www.youtube.com/encontrodedanca

Teaser: https://youtu.be/kSkyDpKugos 

Blogs


Clique aqui e receba nossas notícias gratuitamente!