Cultura no Ponto

24/11/2019 08:07

Segundo dia do Festival DoSol terá atração internacional

Esperado o ano inteiro pelos fãs de música, o Festival DoSol teve início neste sábado e hoje (24) traz atrações nacionais e a banda norte-americana Mondo Generator. Essa é a 16ª edição de um dos eventos mais relevantes do cenário de música independente do país. Os produtores Ana Morena e Anderson Foca destacam o papel social de formação de público e disseminação de novos trabalhos de artistas – postura adotada desde a primeira edição do evento e levada em conta durante o processo de formatação a cada ano.

“Somos e seremos sempre fãs de música, e o Festival DoSol é lugar de juntar todos esses fãs – seja dentro ou fora dos palcos, independente de origem e idade”, defende Foca. O Festival Dosol 2019 tem patrocínio da Oi através da Lei Câmara Cascudo e Governo do RN, Devassa e Tropical Transforma, Natura por meio do Natura Musical, Prefeitura do Natal e apoio cultural da Oi Futuro. O player oficial é o Spotify e a Sympla é a plataforma de venda de ingressos.

Esta é a terceira edição realizada à beira mar, no Beach Club, localizado na Via Costeira. A praia já se tornou a cara do Festival DoSol, que começa cedo e proporciona assistir shows curtindo o fim do dia no clima de verão. Apostando em novas bandas e artistas, o público também pode conferir encontros inéditos nos palcos.

A organização inovou e quis realizar nos palcos misturas musicais inusitadas em shows onde os artistas convidam outros para dobradinhas inéditas, em encontros como Braza (RJ) e Dusouto (RN), a Orquestra Greiosa (RN) e Ekena (SP), Camarones Orquestra Guitarrística (RN) e Manoel Cordeiro (PA), Luís Gadelha (RN) com as cantoras da nova geração Árie (RN), Melly (BA) e Sarah Miranda (RN), além do encontro do Paal Nilssen-Love (NORUEGA) com Kiko Dinucci (SP) e Chico Correa (PB).

Outra novidade é a junção da Sinta A Liga Crew, Fontes, Redbull e o Festival DoSol, para realizar a primeira edição da Batalha DoSol. A iniciativa promove um campeonato de MC’s, com muita poesia e atitude.

23/11/2019 15:02

Balada Bar recebe roda de samba Ribeira Boemia e Marcos Souto

O Sambinha do Domingo do Balada Bar, em 24 de novembro, conta com uma programação especialmente imperdível. A casa irá receber a roda de samba Ribeira Boemia. O projeto cultural Ribeira Boemia vem há alguns anos movimentando o cenário musical da cidade, visando à valorização do samba e da música de qualidade. E para agregar esta programação, o Balada Bar conta também com a presença do cantor, compositor e sambista Marcos Souto.

Para deixar a tarde mais agradável, o Balada Bar oferece a famosa promoção Gela Direto, e ainda chopps, cervejas estupidamente geladas, drinks variados e um vasto cardápio de petiscos.

A programação terá início às 15h com Marcos Souto. O Ribeira Boemia se apresentará a partir das 18h.O Balada Bar está localizado na Av. Xavier da Silveira, 936, Morro Branco. A casa abre as portas no domingo às 11h.

15/11/2019 22:10

Boulevard Music Hall é reinaugurado com Fábio Jr. e Pe. Fábio de Melo

Fotos: Divulgação

Boulevard Music Hall é reinaugurado com Fábio Jr. e Pe. Fábio de Melo

Depois de confirmar a turnê de Fábio Jr. na cidade do sol no dia 29 de novembro (sexta), às 21h, o Grupo Promove anuncia o show de padre Fábio de Melo, que vai se despedir dos palcos no final deste ano. O padre se apresenta no Boulevard Music Hall no dia 30 (sábado), às 20h, e neste dia o público ainda terá como atração de abertura da noite o show de padre Nunes, pároco do bairro de Neópolis, em Natal, que tem arrastado multidões em suas Missas de Cura e Libertação e apresentações musicais de evangelização.

Apostando no trinômio serviço, conforto e comodidade, o Grupo Promove assume a gestão do Boulevard Music Hall, em Natal (RN). "Estamos felizes em poder unir o romantismo de Fábio Jr. e uma performance acústica do padre Fábio de Melo, em uma oportunidade única de contato com o artista que se despede de seu público. Tenho certeza que teremos duas noites memoráveis para o Boulevard Music Hall", comenta Maurício Correa, diretor do Grupo Promove.

Sobre Fábio Jr.
Um dos grandes destaques desta turnê é o cenário, que é revelado através de painéis de led, colunas e elementos que valorizam a estética de forma simples e sofisticada. O conceito da proposta, criativa e versátil, permite que Fábio Jr. utilize a mesma cenografia em todos os shows, independentemente do tamanho, mantendo a dinâmica e beleza do espetáculo com o auxílio da iluminação que permite um resultado visualmente impactante, tornando-se um atrativo a parte.

Além disso, as novidades ficam por conta da escolha do repertório, que contou com a participação do público na escolha do set list, por meio de uma enquete com uma lista de músicas que Fábio Jr. disponibilizou em suas redes sociais e do momento especial acústico, onde o cantor demonstra toda a sua sensibilidade.

Fazem parte do repertório, grandes sucessos da carreira do artista, como “Só Você”, “Alma Gêmea” e “Caça e Caçador”, que continuam dando todo o toque de romantismo ao show. Além de músicas que fazem sucesso na voz de outros cantores como, “Tente Outra Vez”, “Dias Melhores” e “Casinha Branca”. Com mais de 30 trabalhos em sua discografia, Fábio Jr. é um artista completo com talento reconhecido também como compositor, ator e apresentador.

A banda que o acompanha nos shows é formada por Amador Longhini no teclado e direção musical, Álvaro Gonçalves na guitarra e violão, Bruno Coppini no baixo, Gustavo Barros na guitarra, Pepa D´Elia na bateria e Aldo Gouveia e Ellis Negress nos vocais.

Sobre Padre Fábio de Melo
O sacerdote católico, cantor, compositor, escritor e professor já lançou 20 discos, 5 DVDS, além de 13 livros publicados e já foi indicado duas vezes ao Grammy Latino, nas categorias de melhor álbum cristão em português e melhor música cristã em português.

Neste show de rara beleza, onde a palavra se mistura à canção, Padre Fábio de Melo reúne grandes clássicos da MPB e composições autorais que se tornaram sucessos em sua carreira. “Este show é uma oportunidade de evangelizar, também, a partir da cultura popular brasileira, porque o show traz muitas músicas do nosso cancioneiro. E é uma forma que temos de garimpar Deus nestas situações, nestas oportunidades, nestas manifestações artísticas de compositores que nem tiveram um desejo de falar de maneira religiosa, mas, acabaram falando. E utilizamos tudo isso para unir ao nosso discurso. De alguma maneira, a gente escuta uma música e ela nos devolve à cena, às situações, às pessoas, e esse é o grande desejo do show, eu digo que é uma viagem musical. Porque eu começo resgatando músicas que fizeram parte da minha infância e estão me dando significados diferentes, hoje. E as pessoas acabam se identificando com isso, também”, explica padre Fábio de Melo.

Canções, que deixaram marcas na alma deste poeta religioso, costuram o conceito intimista do show “O Sagrado dos Dias” com histórias de sua própria vida e outras experiências valores especiais. O resultado final desta ‘colcha de retalhos’ é o contato com mensagens de esperança, de amor e fé.

A Banda - Quinteto: Maurício Piassarollo (Teclados), Marcelo Linhares (Baixo), Cláudio Costa (Guitarra/Violão), Wallace Santos (Bateria) e Fernando Pontes (Acordeon).

Sobre Padre Nunes
Do menino que improvisava procissões por diversão ao padre que arrasta multidões em suas Missas de Cura e Libertação e grandes shows de evangelização, padre Nunes fará o show de também no sábado (30).

Padre Nunes ainda na infância tomou gosto pela música, chegou a ganhar dois concursos de “A mais bela voz” promovidos por rádios de Caicó e Mossoró. Entretanto, a ideia de evangelizar através da música surgiu apenas quando já era pároco de Neópolis, nos anos 90. Na época o Papa João Paulo II havia conclamado a Igreja a tentar uma nova evangelização: através de métodos diferenciados. No resto do Brasil, outros padres arrastavam multidões com músicas e coreografias. Foi quando a comunidade começou a incentivar padre Nunes a gravar as músicas que cantava nas missas. Em 1998 veio o primeiro CD, hoje já são três CD’s gravados e uma releitura desta discografia será levada ao novo palco do Boulevard Music Hall.

SOBRE O BOULEVARD
O Boulevard Music Hall vem sendo totalmente reformado. Teve a climatização totalmente reestruturada, nova configuração de mesas paras shows com capacidade para até 2.800 pessoas sentadas, série de serviços para propiciar a melhor experiência para o público, incluindo, a estreia do buffet La Belle que vem do Rio de Janeiro para atender aos eventos da casa.

"Vamos apresentar o know-how do Grupo Promove. A maior empresa de formaturas do Brasil. Há 25 anos a empresa de formatura mais completa do mercado e que já formou mais de 1 milhão de alunos em todo o Brasil. Estamos presentes nas cinco regiões do país. E estamos sendo muito bem recebidos em Natal e Mossoró", disse Maurício Correa que além do Boulevard Music Hall, também, terá participação na gestão da nova casa de entretenimento da cidade de Mossoró: A Thermas Hall, que no dia 30 será inaugurada com show de Fábio Jr.

SERVIÇO
Fábio Jr.
Data: 29 de novembro (sexta)
Local: Boulevard Music Hall (Maria Lacerda, 1953 - Nova Parnamirim)
Horário: 21h
Ingressos: entre R$ 150,00 e R$ 250,00 (meia-entrada)
Informações: Bilheteria Digital
----
Padre Fábio de Melo e Padre Nunes
Data: 30 de novembro (sábado)
Local: Boulevard Music Hall (Maria Lacerda, 1953 - Nova Parnamirim)
Horário: 20h
Ingressos: entre R$ 120,00 e R$ 190,00 (meia-entrada)
Informações: Bilheteria Digital

13/11/2019 23:59

Clowns de Shakespeare comemora aniversário com espetáculo na Casa da Ribeira

Fotos: Rafael Telles

Clowns de Shakespeare comemora aniversário com espetáculo na Casa da Ribeira

No dia do seu aniversário de 26 anos, o Grupo de Teatro Clowns de Shakespeare leva para opalco da Casa da Ribeira o espetáculo Abrazo, inspirado na obra “O Livro dos Abraços” de Eduardo Galeano. A apresentação acontece no próximo domingo (17), às 17h. 

O espetáculo não verbal é voltado para o público infanto-juvenil e, segundo informações da Companhia, foi censurado pela Caixa em setembro deste ano. Essa é a primeira apresentação de Abrazo em Natal/RN após o episódio.

A montagem, que tem direção de Marco França e roteiro de César Ferrario, conta a história de um menino que vive em um país onde não é permitido às pessoas se abraçarem ou demonstrarem qualquer afeto. Nesse contexto, personagens atravessam um quadrado contando histórias de encontros, despedidas, opressão, exílio e também afeto e liberdade.

No elenco, os atores Camille Carvalho, Dudu Galvão e Paula Queiroz se revezam entre os vários personagens da fábula: um rapaz, uma florista, um soldado, um índio, uma avó, um general e um menino, o único capaz de encontrar brechas de humanidade entre tantos imperativos vigentes.

O espetáculo conta com uma trilha sonora especialmente composta para a cena e com o vídeo de animação para narrar a aventutura. A produção faz parte da Trilogia Latino Americana dos Clowns, que conta ainda com os espetáculos “Nuestra Senhora de Las Nuvens” e “Dois amores y um bicho”.

Os ingressos já estão disponíveis no sympla.com.br/casadaribeira, na bilheteria da Casa ou pelo WhatsApp 84 98704 0265. 

 

Entre em contato: ivacamara@grandeponto.com.br

09/11/2019 23:16

Simone canta Ivan Lins em novo show

Ligadas desde o início dos anos 1970, quando, em seu álbum de estreia, Simone gravou uma canção de Ivan Lins (“Chegou a hora”), as carreiras desses dois ícones da MPB se cruzaram muitas vezes. Desde então, como que seguindo a mensagem contida em “Começar de novo” (um clássico da dupla Ivan Lins e Vitor Martins também lançado pela cantora baiana), eles têm se reencontrado, sempre renovados, prontos para novos desafios.

Agora, com direção de Zélia Duncan, direção musical de Delia Fischer e cenários e figurinos de Simone Mina, SIMONE volta a cantar clássicos de Ivan Lins gravados pela cantora nas últimas décadas. No repertório, entre outras pérolas, estão garantidas “Começar de novo”, “Antes que seja tarde”, “Desesperar”, “Velas içadas”,  “Bilhete” e “Daquilo que eu sei”.

O show será realizado no Teatro Riachuelo no dia 12 de novembro (terça-feira), a partir das 21h.

Nascida em Salvador, a “baiana da gema" Simone Bittencourt de Oliveira mostrou desde cedo a paixão pela música. Talento que, durante a adolescência e a juventude, dividiu com o basquete - como jogadora profissional, ela foi convocada duas vezes para a seleção brasileira, participando do campeonato mundial em 1971. No ano seguinte, para a sorte da MPB, após uma contusão, ela trocou as quadras pelos estúdios da Odeon, onde gravou seu álbum de estreia, lançado em março de 1973. O primeiro de uma grande obra, que a consagrou como uma das mais expressivas vozes da canção brasileira e a maior vendedora de discos nos anos 1980.   

 

Simone canta Ivan Lins

Local: Teatro Riachuelo - Midway Mall - Avenida Bernardo Vieira, 3775 - Tirol, Natal/RN

Data: 12 de novembro

Horário: 21h

Ingressos: a partir de R$ 160,00

07/11/2019 21:34

Ribeira Boêmia lança o seu primeiro EP, "Sambas do Brasil"

Ribeira Boêmia lança o seu primeiro EP, "Sambas do Brasil"

Com artistas locais, o trabalho resgata o samba raiz com composições que rememoram o Roda de Samba Ribeira Boêmia

Unir, no centro histórico de Natal, nomes de peso do samba nacional à informalidade e descontração das tradicionais rodas de samba, promovendo o resgate do samba como expressão popular da boa música é uma das propostas do projeto cultural do Ribeira Boêmia, que se consolida em seu sétimo ano de existência com o lançamento do seu primeiro EP: “Sambas do Brasil”, que vai ocorrer no dia 14 de novembro, no Sesc Rio Branco, às 19h, sob a condução da Roda de Samba do projeto Ribeira Boêmia e a participação de convidados especiais.

O EP conta com a direção e arranjos de Diogo Guanabara e produção de Leonardo Galvão e Laumir Barreto. Com gravação, mixagem e masterização de Eduardo Pinheiro (Estúdio Megafone), o EP tem sua arte assinada pelo artista plástico Flávio Freitas e seu projeto gráfico elaborado pela PlanoB Marketing. O trabalho conta com composições de João Cavalcanti (ex-Casuarina), André da Mata, Vinicius Lins e Stênio Medeiros, entre outros que estarão presentes no lançamento, além dos parceiros do Projeto Cultural.

Com cinco músicas nas vozes de Daniela Fernandes e Rogério Madureira, o EP traz as músicas Preciso seguir (André da Mata / Vinícius Lins), Eu nego até o fim (Fred Camacho / João Cavalcanti / Wanderson Martins), Pranto em acalanto (Stênio Medeiros / Vinícius Lins), Quando a gira girou (Claudinho Guimarães /Serginho Meriti) e a junção de peças musicais, como Ritual de fé (André da Mata/Wagner Nascimento), Livro do destino (André da Mata/Nego Josy), Maria da roça (André da Mata /Raul Di Caprio) e Julgamento (André da Mata/ Inácio Rios/Mingo Silva).

Para selar o sucesso do projeto, em vigor desde 2012, com rodas de samba, participação de renomados artistas locais e nacionais, nada melhor que um EP que irá eternizar os momentos vividos em todos esses anos e divulgá-los ainda mais, é o que diz o idealizador do projeto Leonardo Galvão.  “Nossa roda de samba tem trazido grandes nomes locais e nacionais. Vamos disseminar a cultura do samba para o público que aprecia boa música e a alegria do ritmo”, explica. Ele acrescenta que um dos grandes incentivos para esse novo desafio foi o fato do projeto ter sido indicado como melhor Banda do Prêmio Hangar de Música do ano passado e este ano, novamente, uma honraria.

O projeto recebe a produção de Laumir Barreto e conta com importantes apoios para a sua realização, como: Fecomércio RN- Sesc/ Senac, SEBRAE, Universitária 88,9 e Plano B.

Saiba mais sobre o Ribeira Boêmia

O Projeto Cultural Ribeira Boêmia existe desde 2012, mas ganhou novo impulso desde 2015, quando passou a ser realizado mensalmente, sempre aos sábados, com sua Roda de Samba oficial composta por músicos fixos, apresentando, a cada edição, renomados artistas locais e nacionais.

A primeira edição do Projeto Cultural Ribeira Boêmia aconteceu em 17 de agosto de 2012, quando foi formada a roda de samba com alguns dos mais respeitados sambistas da noite carioca, que foram acompanhados por músicos locais, não menos talentosos. Nessa época, o local da realização foi o extinto “Cultura Clube”, situado na parte final da Avenida Rio Branco, por trás do Teatro Alberto Maranhão. Fizeram parte dessa edição os sambistas nacionais Toninho Geraes, Renato Milagres e João Martins, trazendo uma bagagem de duas gerações que brilham, tanto como intérpretes quanto como compositores. Essa edição, sem dúvida alguma, além de ter sido o pontapé do projeto, foi uma oportunidade rara, para que os natalenses, apreciadores do samba de qualidade, tivessem um contato mais estreito com o trabalho realizado em outras praças.

 

Ficha Técnica Do EP

Gravado e mixado nos estúdios Megafone, em Natal RN, em janeiro de 2019

Técnico de Gravação: Henrique Pachêco e Miguel Sampaio

Mixagem e Masterização: Eduardo Pinheiro

Produção Executiva: Laumir Barreto

Produção Musical: Leonardo Galvão

Direção e Arranjos: Diogo Guanabara

Fotografia: Thiago Varela

Arte: Flavio Freitas

Projeto Gráfico: Agência Plano B

Realização: Projeto Cultural Ribeira Boêmia

Percussão Geral: Weslley Silva (Cicinho), Flaubert Benício e Sergio Santies

Cavaquinho e Banjo: Leonardo Galvão

Violão 7 Cordas: Anchieta Menezes e Diogo Guanabara na faixa “Preciso Seguir”

Violão 6 Cordas: Diogo Guanabara

Bandolim: Diogo Guanabara

Baixo: Mônica Michelly

Flauta: Bruno César

Backing Vocal: Daniela Fernandes, Rogério Madureira, Diogo Guanabara

Vocais: Daniela Fernandes e Rogério Madureira

Convidados Especiais: Camila Masiso na faixa “Pranto e Acalanto” e João Cavalcanti na faixa “Eu Nego Até O Fim”

 

Lançamento:

Dia 14/11, às 19h, no Sesc Rio Branco

Vendas online na Outgo.com.br

Vendas físicas na Le Postiche Midway

*O conteúdo deste blog não representa necessariamente a opinião do portal.