Cultura no Ponto

Potiguar Negu Edmundo faz live beneficente hoje

Fotos: Divulgação

Potiguar Negu Edmundo faz live beneficente hoje

O artista potiguar radicado em São Paulo está passando o período da pandemia em uma praia do litoral potiguar, e aproveita o tempo de pausa e reflexão para realizar uma ação solidária para beneficiar artistas que também têm sofrido na pandemia, os circenses. Trata-se de uma categoria que mesmo em tempos tidos como normais passa por dificuldades. A live será transmitida no seu perfil no Instagram e na sua página do Facebook, a partir das 21h de hoje, 7 de agosto.

Negu Edmundo nasceu em Natal e começou a escrever seus versos na década de 90. Foi um dos fundadores do Embolafunk, uma das bandas da época que pegou carona no movimento Manguebeat quanto ao jeito de fazer música. Da mistura de coco com embolada e guitarra com tambores surgiu uma sonoridade com forte identidade potiguar. A pegada original do som levou Edmundo e seus parceiros Riva, Ilo Tonel, Juscelino e Jorge Negão ao evento A Arte da Esquina do Brasil, realizado em Viena/Áustria, co-produzido pela produtora, poeta e performer potiguar Civone Medeiros. 

Edmundo de Jesus, seu nome de batismo e com o qual se apresentava na época, alçou seu próprio voo e foi em busca de aprofundar suas raízes. O Negu Edmundo que ora se apresenta é um artista singular, cantor e MC com influência do estilo jamaicano toasting, que escreve, cria, canta e surpreende por onde passa devido à qualidade e força do que produz.

No currículo de Edmundo Jesus UatanaNjila, não faltam grandes momentos, além de ter sido membro fundador da banda Embolafunk (1996), ele também deixou seu nome registrado na formação original do grupo Agregados FDR (2003), alicerçando os pilares da cultura hip hop, ragga, reggae e sound system no seu estado.  

Com três discos lançados: Música de Preto (2008), Potiguar Xirê Sistema Sonoro (2014) e o recente Nguzu (2018), e em parceria com bandas e produtores musicais como Buguinha Dub, Victor Rice, Thiago Duar, Rockers Control, entre outros, sua música vem se destacando no cenário independente nacional e em playlists e podcast de rádios e blogs pelo mundo, a exemplo do jornal inglês The Guardian e rádio Mukambo.

Seus perfis nas redes sociais:
@neguedmundo
Negu Edmundo
 

Cinema em formato drive-in chega ao Seridó

A capital do Seridó potiguar receberá nos dias 15 e 16 de agosto, a partir das 19h, o cinema no formato drive-in, no complexo Ilha de Sant´Ana em Caicó. O projeto faz parte da terceira edição do Festival de Cinema Curta Caicó, pela primeira vez virtual. O intuito é projetar, nacionalmente, o cenário audiovisual de Caicó.

A programação contará com dois curtas-metragens do acervo do SESC RN e dois longas-metragens nacionais. Um dos filmes confirmados é “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, na sessão do dia 15 de agosto. O longa a ser exibido no dia seguinte ainda está em discussão, e deve ser divulgado em breve. No dia 16 acontecerá a premiação dos curtas e longas.

Aos que desejarem ter a experiência do cinema no carro, o acesso será por ordem de chegada. Serão disponibilizadas 76 vagas por noite. A transmissão contará com projeção de imagem em telão e o som por meio de radiotransferência, permitindo ao público ouvir diretamente do rádio de seu veículo.

O acesso ao drive-in será gratuito. No entanto, o evento promove, também, uma ação social. O público que desejar levar um quilo de alimento não perecível contribuirá para a doação ao abrigo de idosos e outras instituições as quais serão selecionadas.

O festival de Cinema Curta Caicó terá início a partir deste sábado (8) e contará com uma plataforma de streaming no site curtacaico.com.br. Serão disponibilizadas 115 produções audiovisuais gratuitas ao público. No Curta Caicó Flix – como a plataforma é chamada, internamente, pelos promotores – o espectador poderá deixar sua avaliação de reação para cada longa ou curta e contribuir para a premiação.

Além disso, serão disponibilizadas sete oficinas de capacitação profissional na programação do festival e pode ser consultado, também, no site.

O idealizador do projeto Raildon Lucena afirmou que enxerga o festival como forma de promover o audiovisual do Seridó ao país, bem como mostrar ao público jovem uma perspectiva de oportunidade de trabalho nessa área.

“O festival Curta Caicó vem para ser vitrine para essa produção audiovisual e estimular jovens e adolescentes a projetar o nome de Caicó, nacionalmente, e ter o impacto do Seridó como polo de audiovisual”, afirmou o idealizador.

Ele contou ainda que o projeto sofreu alguns impasses durante o período da pandemia. Devido ao impacto na economia do Estado, alguns empresários parceiros não puderam contribuir. Porém, o projeto recebeu apoio com o edital Sebrae e patrocínio do Governo do Estado, Fundação José Augusto e Lei Câmara Cascudo, Eletrocenter, Rende Gás e Slup. Com isso, viabilizou o acontecimento do evento em agosto.

O festival também conta com apoio do Sebrae, Sesc, Inplarn, Replac, Morada da Paz e Prefeitura de Caicó;. e apoio cultural da Místika, Elo Company, Centro Técnico Audiovisual, ACCIRN, Cardume, UFRN, IFRN, Canal Futura e InterTV.

GACC-RN lança dia 6 a TV GACC em seu canal no YouTube

O GACC-RN lança nesta quinta-feira (06), no canal do YouTube da Instituição, a TV GACC “Uma Janela Aberta Para o Conhecimento”. O projeto, que foi contemplado no programa Criança Esperança, chega para divertir e informar o público com uma linguagem diversificada e inovadora. A intenção é que a TV GACC seja um painel das ações, projetos e atividades institucionais. Os conteúdos serão abordados de forma lúdica e criativa, em quadros costurados pelo universo da comunicação virtual.

Todos os quadros foram elaborados com foco no protagonismo infanto-juvenil, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento intelectual das crianças. Os conteúdos que servirão como base para a classe domiciliar serão elaborados pela equipe pedagógica da Instituição e orientados pela equipe de professores da Secretaria Estadual de Educação, sendo mais uma ferramenta de comunicação para reforçar o aprendizado. A Instituição conta também com a importante contribuição de parceiros como o Projeto Ilha de Música (com aulas online de violão/flauta e reforço de matemática) e a escola 23 Steps (com dicas de inglês).

A TV GACC conta com bonecos divertidos, para que as informações cheguem às crianças de forma leve e irreverente. E o jornal contará com a participação das crianças diretamente de suas cidades de origem, com o giro de notícias. Esta foi a forma que o projeto encontrou de trabalhar neste momento de pandemia, transformando a condição de isolamento em uma estratégia de comunicação que, além de potencializar a imagem do GACC-RN, irá fortalecer a autoestima das crianças assistidas pela Instituição, com muito amor e criatividade.

Série do projeto Conexão Elefante Cultural estreia no YouTube

Fotos: Brunno Martins

Série do projeto Conexão Elefante Cultural estreia no YouTube

Criado para ocupar espaços públicos e reunir pessoas em volta da arte por todo o estado, em 2020 o projeto Conexão Elefante Cultural teve que se reinventar diante da pandemia do coronavírus. A partir daí, surgiu o seriado “Na Bagagem do Elefante”, que estreia na internet no dia 6 de agosto, às 20h. Até o início de setembro, toda quinta-feira será lançado um novo vídeo, totalizando cinco episódios.

Nesta edição especial, teatro, dança, música e circo continuam presentes, mas agora se utilizando de recursos do audiovisual e da internet para conseguir chegar em todo o Rio Grande do Norte. Para isso, serão usados croma key, vídeos enviados por produtores e artistas das cidades e também material de acervo, que vai dar origem a uma retrospectiva pelas cidades onde o Conexão já passou durante os quatro anos anteriores.

Dirigido por Diana Fontes, o Conexão reúne três obras artísticas em um só espetáculo, formado pela Trupe da Luz. Após edital de seleção, a Trupe foi formada pelo grupo Estação de Teatro com o “Estação Criança”, pelo Entre Nós Coletivo de Criação com o espetáculo “Querendo”, e pelo Palhaço Piruá com o espetáculo “Piruá de Circo”.

Para cumprir a missão de levar a essência do projeto para a internet, o Conexão contou com o auxílio do produtor Marcelo Zamora, argentino radicado em São Paulo há muitos anos, especialista em obras cênicas e virtualidade. Além dessa novidade, este ano o Conexão também ganhou música pelas mãos do compositor Danilo Guanais e arranjos de Eduardo Taufic.

Diana Fontes conta que no início não foi simples pensar numa adaptação, até perceber que era possível humanizar o digital. “Um projeto que sempre teve a característica de se fazer presente nas cidades do RN, convocando a população a vir para a rua, teve que dizer fique em casa. Mas, como todo artista se reinventa e consegue transformar tempestades e vendavais em brisa, em pura sintonia harmônica, surgimos com esse Elefante, recheado de lembranças, memórias especiais, novos parceiros, e até música para celebrar.”

O projeto é patrocinado pela COSERN, Instituto Neoenergia, através da Lei Câmara Cascudo e Governo do Estado, com realização de Diana Fontes Direção e Produção Cultural.

Série “Na Bagagem do Elefante”
Estreia 6 de agosto, 20h, no YouTube
Um novo episódio toda quinta-feira
www.youtube.com/ConexãoElefanteCultural

 

Para acompanhar o Conexão Elefante Cultural na internet

Instagram:  https://instagram/conexaoelefantecultural  

Blog: http://conexaoelefantecultural.blogspot.com/

Facebook: https://facebook/conexaoelefantecultural

Orquestra Sinfônica do RN realiza concurso internacional de canto

A arte, seu canto e seus encantos têm sido um alento para o período da pandemia. E, além de nutrir a população com momentos de lazer, é necessário também proporcionar oportunidades aos profissionais que vivem da música. Pensando nisso, a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN, através do Movimento Sinfônico 2020, promove o Concurso Internacional de Canto Linus Lerner – Edição Brasil, com inscrições abertas até o dia 29 de agosto. 

Em virtude da atual situação sanitária mundial, a Edição Brasil foi criada no intuito de apoiar os talentos brasileiros, nascidos e naturalizados, residentes ou não no país, tanto de forma financeira quanto com oportunidades de performance e de crescimento artístico, totalizando mais de R$ 130 mil reais em prêmios. Da mesma forma como o concurso no México, a edição brasileira somente é possível com o apoio financeiro da SASO, além da contribuição de inúmeros profissionais e instituições da área artística mundial.

No total, são mais de 70 prêmios distribuídos em três categorias: 15 prêmios em dinheiro, somando mais de R$ 40 mil reais; oito prêmios em oportunidades de performances e mais de 50 prêmios de estímulo artístico, sendo esses pacotes de “classes” ou serviços (mini bolsas) destinados por grandes profissionais do mundo da ópera e instituições da área e distribuídos entre classes de canto e classes de interpretação/repertório que serão administradas a distância, através das plataformas digitais. 

Todas as etapas acontecem virtualmente e o resultado será divulgado dia 29 setembro antes e durante o Terças Clássicas Ao Vivo com o Maestro, nos canais oficiais da orquestra, pelo YouTube e Facebook.

Inscrições e informações no site:www.osrn.com.br

Festival Camomila se reinventa e realiza edição virtual em agosto e setembro

Festival Camomila se reinventa e realiza edição virtual em agosto e setembro

O Festival Camomila tem como conceito trazer mais consciência e estado de presença em cada momento da vida. Neste tempo, em que a ansiedade causada pela pandemia e pelo necessário isolamento social pode afetar o nosso emocional, o Festival chega com o processo de ressignificação, sendo um respiro e um alento para os corações. Adaptada para a realidade atual, a edição 2020 acontecerá de 15 de agosto a 12 de setembro e será online, mantendo os pilares da cultura e do autoconhecimento, e chegando a um público ainda maior através do alcance da internet.

A programação acontecerá nas segundas, quartas e sábados, no canal do Festival no YouTube, e contará com meditações, yoga, rodas de mantras, oficinas, shows e palestras, proporcionando momentos de troca e aproximação, mesmo de casa, entre os espectadores e os convidados potiguares e nacionais. Todo o conteúdo será gratuito e, no dia 22 de agosto, a programação contará com os três principais recursos de acessibilidade: legenda descritiva, audiodescrição e janela de libras.

Entre as atrações estão Valéria Oliveira, Rodrigo Lacaz, Henrique Lemes, Clara Pinheiro, Camomila Chá, Marie Gabriella, Ângela Castro, Titina Medeiros, Samira Abdalla e Khrystal.

O evento é para toda a família e conta com o patrocínio da Prefeitura do Natal e da Unimed Natal através da lei de incentivo Djalma Maranhão e é uma realização da Guria Produtora.

Transmissão: www.youtube.com/channel/UCX9GvYzc-M1K_2s3v4f23tw
Mais informações: festivalcamomila.com.br | @festivalcamomila

Blogs