Cultura no Ponto

O Príncipe Feliz volta ao Bosque Encena

Fotos: Tiago Lima

O Príncipe Feliz volta ao Bosque Encena

Nesta manhã de domingo, 28, às 10h, o Príncipe Feliz volta ao Bosque Encena virtual para cantar e dançar os maiores sucessos da música infantil. Um  espetáculo para toda a família! Nos vocais, Décio Santiago, Mirle Silva e Matheus Ricardo; no violão, Kleyton Araújo; na guitarra, Jorge Luis; no teclado, Leandro Leopoldo; no contrabaixo, José Williams e na bateria, Leonardo Rocha. 

O projeto Bosque Encena acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura do Natal, através da Lei Djalma Maranhão, e do aporte financeiro do CEI Romualdo Galvão, Unimed Natal e Espacial Autopeças, além do apoio do Governo do Estado, através do Idema e da Padaria Hora do Pão. 
 

Coletivo Escafandro apresenta a áudio série “A Guerra do AR” neste domingo (28)

Coletivo Escafandro apresenta a áudio série “A Guerra do AR” neste domingo (28)

Em uma Natal pandêmica, num futuro incerto, de profunda degradação ambiental, respirar ao ar livre pode ser fatal. No Brasil, tudo indica que o duelo para presidente será entre a extrema e a extremíssima direita, em ampla escalada pelo mundo. Madame Mint, uma jovem e inteligente ativista virtual, descobre o plano de dominação do governo através do uso do “ar do medo”. É nesse caos que se desenvolve a áudio série “A Guerra do AR”, primeira produção do Coletivo Escafandro e que tem a estreia do episódio piloto nas plataformas digitais marcada para este domingo, 28.

No primeiro episódio d’A Guerra do Ar, quatro gamers solitários se juntam, a convite da misteriosa Madame Mint, para se engajarem em uma guerrilha virtual com o intuito de revelar um esquema de entorpecimento e controle da população. “A gente quis abordar questões da atualidade, relacionadas às crises sanitária, ambiental, política e social que estamos vivendo. Com o distanciamento social, quando apresentações teatrais presenciais ainda não são possíveis, optamos pelo formato de áudio série, que proporciona uma experiência potente tanto para a gente que produz, como para o público já saturado das 'lives'", explica Henrique Fontes, ator e dramaturgo integrante do Coletivo Escafandro. 

Junto com Henrique, a atriz e radialista Elisa Almeida assina o roteiro e a direção, e ambos assumem personagens centrais na trama. O elenco também conta com a atriz e dramaturga Clotilde Tavares, os atores Breno Melo e Thyago Gomes, a atriz Charlotte Duvignaud e com a participação especial das atrizes Quitéria Kelly e Samillys Melo. Toni Gregório, músico e produtor, e Diogo Melo, produtor de áudio, completam o coletivo criando trilhas, sonoplastias e editando toda a série.

“Tem sido um bom desafio realizar esse projeto piloto durante a pandemia. Temos uma equipe muito diversa e não pudemos reunir todo mundo ao mesmo tempo no estúdio, algumas pessoas gravaram em casa com o próprio celular, mas entendemos que mais importante do que a qualidade máxima do áudio é a saúde de todos os envolvidos e a imaginação que podemos despertar com essa história”, afirma Elisa Almeida.

O primeiro episódio ficará disponível a partir das 19h deste domingo, 28 de fevereiro, nos principais agregadores de podcast (Anchor, Spotify, SoundCloud, Google Podcasts). Mais informações podem ser obtidas nas redes sociais do coletivo Escafandro @agueradoar no Instagram e Facebook. O primeiro episódio de “A Guerra do AR” tem incentivo da Lei Aldir Blanc, Funcarte, Prefeitura do Natal, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

 

Contato - Cultura no Ponto: ivakaren@yahoo.com.br

Espetáculo “Querendo...” faz apresentação virtual neste final de semana

Espetáculo “Querendo...” faz apresentação virtual neste final de semana

Entre Nós Coletivo de Criação realiza o espetáculo “Querendo...” em apenas duas apresentações, dias 27 e 28 de fevereiro, online, com distribuição gratuita e limitada de ingressos. As senhas podem ser reservadas no Sympla e as apresentações acontecem às 17 horas.

"Querendo..." é uma peça que trata da tentativa de construir um relacionamento amoroso e fala dos encontros e desencontros. O espetáculo toca no tema do assédio feminino, os interesses paralelos e propõe um imaginário, aguçando outras questões e dando a possibilidade do público ter o próprio entendimento. Através da coreografia são feitos vários questionamentos do espetáculo com humor, leveza e movimentação. 

A direção de “Querendo...” é de Diana Fontes, com coreografia de Henrique Rodovalho. A trilha sonora é feita por Danilo Guanais, já a iluminação fica por conta de Marcelo Zamora. Estão no elenco os bailarinos João Alexandre Lima, Thazio Menezes e Anádria Rassyne. 

No dia 27 de fevereiro, às 16h, também haverá um bate-papo sobre a construção do espetáculo com o elenco e a diretora Diana Fontes no canal do Youtube do Entre Nós.

A ação é uma realização de Diana Fontes Direção e Produção Cultural, com recursos da Lei Aldir Blanc e tem patrocínio da Prefeitura de Natal e do Governo Federal.

 

Temporada online do Espetáculo "Querendo..."
Dias 27 e 28 de fevereiro, às 17h
Ingressos gratuitos: www.sympla.com.br/dianafontesdirecaoeproducaocultural

 

Contato - Cultura no Ponto: ivakaren@yahoo.com.br

Live O Misterioso Mascarado apresenta acrobacias no trapézio e muita diversão

Fotos: Coletivo Chocolate

Live O Misterioso Mascarado apresenta acrobacias no trapézio e muita diversão

O Misterioso Mascarado, espetáculo que mistura a performance de trapézio circense e da comicidade de um palhaço enigmático e desconhecido do público, será transmitido em formato de live nos dias 25 e 26 de fevereiro, às 20h, por meio do Instragram @megastvbr.
 
Com a atuação do trapezista e palhaço Gabriel Hernan Rodriguez, ou Fino, a montagem será transmitida do Galpão da Tropa Trupe e contará com acrobacias aéreas no trapézio com vários movimentos e técnicas utilizando as linguagens do clown e da comicidade, a fim de contar a história do Misterioso Mascarado.  

A exibição, que terá cerca de 25 minutos, pretende dar visibilidade às produções artísticas e autorais da linguagem circense criadas no Rio Grande do Norte, proporcionando o acesso à população aos saberes da palhaçaria, do trapézio circense e do circo contemporâneo. 
 
A apresentação de “O Misterioso Mascarado” será realizada com recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

De Fino ao Misterioso Mascarado

A formação de Gabriel Hernan Rodriguez - o palhaço Fino Galager - na arte circense se inicia no seu país de origem, a Argentina, e passa pela Escola de Circo Trivenchi e pelo Circo Listo, ambos em Buenos Aires. Segue com a participação em vários projetos musicais e licenciatura em Audiovisual na Universidade Aberta Interamericana, também localizada na capital argentina. 

Desde 2007, passa a atuar desenvolvendo atividades com linguagens artísticas do teatro, circo, música, audiovisual e performances, conjuntamente com vários grupos, trupes, companhias e coletivos de artistas do Rio Grande do Norte. 

Passa a integrar o grupo Tropa Trupe com o qual realiza vários espetáculos e percorre várias cidades, disseminando a arte circense por todo o país e também no exterior. Junto com o grupo, concebeu e participou dos espetáculos: O Tempo, Achado não é Roubado, Variétés, Tic Tac, A TV Encantada, A Lenda do Trapezista Cego e A Fuga do Espelho. Recebe com o Tropa Trupe importantes premiações em âmbito nacional e internacional como: Prêmio Procultura de Estímulo ao Circo, Dança e Teatro; Edital da Funarte de doação de equipamentos de iluminação cênica; Prêmio Artes Cênicas na Rua, Palco Fora do Eixo; Procultura de Estímulo ao Circo, Teatro e Dança e Iberescena; entre outros.

Também participa de espetáculos, festivais e oficinas em parceria com vários grupos potiguares como: Grupo Gira Dança, Grupo Carmin, Grupo A Boca, Grupo Arquétipos, Grupo Facetas Mutretas e Outras Histórias, Festival de Palhaços do Grupo Estação, Festival do Clowns de Shakespeare, circulação teatral Elefante Cultural e Festival de Histórias do Natal em Natal. 

Live “O Misterioso Mascarado”

Dia 25 e 26 de fevereiro, às 20h

Instagram @megastvbr

Abaeté do Cordel lança e-book que combate a discriminação e o racismo

Abaeté do Cordel lança e-book que combate a discriminação e o racismo

“A menina que quer mudar o mundo” é o mais novo lançamento do poeta Abaeté do Cordel, realizado por meio do Instragram Casa do Cordel. A publicação em formato de e-book é um cordel infantojuvenil que busca combater o preconceito, a discriminação e o racismo entre crianças, jovens e adultos.

O livro narra a história de uma menina negra e amante do cordel que passa por uma mudança em sua vida quando precisa sair, junto com sua família, do Seridó potiguar para a capital.

“É uma história de amor, fraternidade e luta para resistir ao preconceito, discriminação e ao racismo através da poesia”, explica Abaeté, que é o fundador da Casa do Cordel e grande incentivador desta literatura no Rio Grande do Norte, com centenas de títulos publicados em folhetos e livros como literatura de cordel. 

As ilustrações são do artista Erick Lima. O e-book cordel poderá ser baixado gratuitamente no site da editora https://ciadoebook.com.br/ e nas redes sociais da Casa do Cordel ou do autor.

Este livro foi contemplado na categoria de Auxílio à Publicação de Literatura de Cordel da Chamada Pública de Emergência Cultural (Lei Aldir Blanc) da Prefeitura Municipal do Natal, da Fundação Cultural Capitania das Artes e do Governo Federal.

Instagram - @casa.docordel

Sergio Groove é a atração do Som da Mata on-line deste domingo

Fotos: Tiago Lima

Sergio Groove é a atração do Som da Mata on-line deste domingo

Quem sobe ao palco do Som da Mata, disponível nas plataformas digitais, neste domingo (21), às 16h30, é o renomado contrabaixista e multi-instrumentista potiguar Sérgio Groove. Em ritmo nordestino, o show "Baião de Todos" leva o nome da nova música do compositor, inspirada na comida típica do Ceará, baião de dois, e que se tornou identidade para todos os nordestinos.

Em formato de dueto, Groove une seu contrabaixo à percuteria de Silvio Franco, prestigiando também outros compositores que influenciaram gerações e mantêm viva a essência mais pura da música nordestina. Canções como Lamento Sertanejo (Gilberto Gil e Domiguinhos) e Vem Morena (Luiz Gonzaga e Zé Dantas) fazem parte do repertório no qual o contrabaixista representa o ritmo e as melodias sem perder a originalidade de suas próprias técnicas, resultando em uma experiência sensorial única.

O projeto Som Da Mata acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura do Natal, através da Lei Djalma Maranhão, e do aporte financeiro da Unimed Natal, Arena das Dunas e Uniodonto RN, além do apoio do Governo do Estado através do Idema e da Padaria Hora do Pão.

Show Baião de Todos
Plataformas: Instagram (@Somdamata) | Facebook (Som da Mata) | Youtube (Som da Mata)
Publicação: 21 de fevereiro, às 16h30

Blogs


Clique aqui e receba nossas notícias gratuitamente!