Cultura no Ponto

23/05/2019 23:39

Projeto Joca Costa e Haley – Fulô de Araçá apresenta jazz e MPB no Bardallos

Fotos: Gustavo Silveira

Projeto Joca Costa e Haley – Fulô de Araçá apresenta jazz e MPB no Bardallos

Em nova temporada em Natal, a cantora norte-americana Halley Peltz faz espetáculo com o renomado guitarrista Joca Costa

Desafiadora de gêneros, a cantora Haley Peltz retorna ao Brasil para mais uma temporada e se apresenta com o projeto "Joca Costa e Haley - Fulô de Araçá" em parceria com o renomado guitarrista Joca Costa. O primeiro show acontece nesta sexta, às 21h, no Bardallos Comida e Arte, um espetáculo que busca renovar e aprofundar a conversa entre as canções tradicionais de jazz e da Música Popular Brasileira.

Nascida em Boston (EUA), Haley morou três anos em Natal e, em 2016, sua paixão pela Música Popular Brasileira a levou para São Paulo, onde foi selecionada em primeiro lugar no Concurso de Canto Popular da Escola de Música do Estado de São Paulo – Tom Jobim, pelos músicos Arrigo Barnabé, Paulo Braga e Breno Ruiz. Em 2017, ela apresentou um Tributo aos 100 anos de Ella Fitzgerald no JazzB e em outras casas de show de São Paulo. Atualmente ela é mestranda em Composição e Arranjo de Jazz, na Universidade de Massachusetts.

Joca Costa está entre os grandes guitarristas e arranjadores brasileiros. Fez parte da saudosa banda Impacto Cinco e já esteve em turnês nacionais e internacionais, além de festivais fora do Brasil. Apresentou-se com grandes artistas brasileiros, como Elba Ramalho, Geraldo Azevedo, Zé Ramalho, Xangai, Elza Soares, grupo Boca Livre e Vital Farias.


Joca Costa e Haley – Fulô de Araçá


Local: Bardallos Comida e Arte (Rua Gonçalves Lêdo, 678 - Cidade Alta)

Data: Sexta-feira, 24 de maio

Horário: 21h

Ingressos: R$ 15

22/05/2019 23:55

TCP é palco do espetáculo Anima Chico neste final de semana

Dias 23 e 24 de maio, às 19h, o Teatro de Cultura Popular Chico Daniel será palco do espetáculo musical Anima Chico. De conteúdo crítico e artístico, o show é baseado numa pesquisa sobre uma tipologia da mulher brasileira, descrita na obra de Chico Buarque de Hollanda. O objetivo é contar a história dessas personagens e estimular a reflexão sobre os padrões comportamentais da mulher brasileira diante da cultura opressora masculina, tendo por base os estudos da psiquiatra Dra. Jean Shinoda Bolen sobre os mitos gregos e a psiquê feminina, fazendo referência a conceitos Junguianos como arquétipo e a idéia da anima (porção feminina do homem).

Além de mostrar a diversidade das figuras femininas, o show também mostra a riqueza da música brasileira popular, guiando o ouvinte por um passeio através dos ritmos e gêneros brasileiros como o baião, o samba, a bossa, o bolero e a valsa, presentes na obra de Chico. A formação instrumental completa é: voz, violão/guitarra, contrabaixo, flauta/sax, bateria e percussão. A banda, composta por três mulheres e três homens, referencia a igualdade degêneros, e suas presenças no palco também fazem parte do aspecto conceitual do show.

São três atos interligados. No primeiro, são representadas as figuras femininas invulneráveis à opressão masculina, no segundo, as figuras femininas vulneráveis e, no terceiro, evidencia-se a personalidade das mulheres descritas por Bolen como alquímicas, por possuírem, na sua psiquê, a capacidade de transitar entre os dois estados anteriores.

 

Anima Chico

Local: Teatro de Cultura Popular - TCP (R. Jundiaí, 641 - Tirol, Natal)

Data: 23 e 24 de maio (sexta e sábado)

Horário: 19h | 21h

Ingressos: R$20 (inteira) | R$ 10,00 (estudante) 

22/05/2019 23:43

Arraiá do Boulevard Hall será noite de muita nostalgia

O São João está batendo na porta e as prévias já começaram. Dia 24 de maio, a partir das 20h, Eliane, Beto Barbosa, Rita de Cássia e a Circuito Musical trarão de volta os tempos inesquecíveis do forró no Arraiá do Boulevard Hall.

Eliane, a famosa rainha do forró, traz o auge do ritmo nordestino das décadas de 80 e 90, com seu talento de compositora, cantora e dançarina em uma performance de fazer jus a seu título. O rei da lambada, Beto Barbosa, apresenta seus sucessos “Preta” – em destaque na atual novela das 19h da Globo -, “Adocica”, entre outros, em um show cheio da alegria característica do artista. Também se juntam a esse time a banda Circuito Musical e Rita de Cássia, uma das maiores referências entre os compositores de forró no Brasil.

O evento é uma realização da Viva Entretenimento. Os ingressos podem ser adquiridos na loja Sol Bijoux, terceiro piso do Shopping Midway Mall, e através do site www.bilheteriadigital.com ou pelo aplicativo Viva Entretenimento, disponível para download no Google Play e na App Store. Clientes Unimed Natal têm direito ao valor de meia entrada, assim como quem levar 2kg de alimento na hora da compra, devido ao Ingresso Solidário.

 

Arraiá do Boulevard Hall

Local: Boulevad (Av. Maria Lacerda Montenegro, 1953 - Nova Parnamirim, Parnamirim)

Data: 24 de maio (sexta-feira)

Horário: 20h

 

21/05/2019 22:44

Baile Ancestral é realizado no Teatro de Cultura Popular

Fotos: Divulgação

Baile Ancestral é realizado no Teatro de Cultura Popular

Dia 22 de maio, às 19h30, o Teatro de Cultura Popular Chico Daniel será palco do Baile Ancestral. O show é a conexão com as nossas origens, com a cultura nordestina, africana e latino-americana. É a junção de ritmos introduzidos no repertório da banda Skarimbó, em sintonia com as composições que nos levam do passado ao futuro, das raízes para o mundo.

O evento é uma realização da banda Skarimbó com apoio institucional da Fundação José Augusto, TCP e Governo do Estado, através do edital de Pauta Livre do TCP, e do apoio da Quincas Camisaria e salão Glow Hair.

Os ingressos estão sendo vendidos no Sympla, com integrantes da banda e nos pontos físicos: Estúdio Carlota e Glow Hair.

 

Baile Ancestral - Skarimbó

Local: TCP (R. Jundiaí, 641 - Tirol, Natal)

Data: 22 de maio (quarta-feira)

Horário: 19h30

Ingressos: R$15 
 

19/05/2019 22:49

Sucesso de público, peça espírita "Violetas na Janela" chega a Natal dia 24

Quem de nós já não passou pela dor da perda de uma pessoa querida e não se sentiu compelido a refletir sobre a existência da vida após a morte? “Violetas na janela” mostra com simplicidade as experiências de Patrícia, uma garota que desencarnou aos dezenove anos e acordou numa colônia espiritual onde a vida continua. Fala de suas descobertas, dúvidas, necessidades, da busca pelo auto conhecimento, seus receios, afetos, seus amores. Uma colônia onde há hospitais, escolas, teatros, meios de transporte, bibliotecas, onde a tecnologia avançada convive em harmonia com a natureza, os homens, os animais. Um lugar onde é respeitado o livre arbítrio e a justiça reinante é a do amor. Mas, no nosso universo infinito também existem outros lugares mais e menos felizes. Para qual deles nós iremos após a morte do corpo, só depende de nós mesmos; do que e de como estamos fazendo aqui e agora.

O espetáculo “Violetas na janela” estreou em 1997 e ficou em cartaz durante nove meses seguidos no Teatro Vanucci. Foi a peça teatral de maior público naquele ano (dado divulgado pela SBAT). Nos anos subsequentes, esteve em grandes teatros do Rio de Janeiro e São Paulo e viajou pelas capitais e cidades do interior do Brasil. Entre os anos de 1997 e 2007, a peça foi assistida por mais de 300 mil pessoas.

Com adaptação para o teatro de Ana Rosa e direção sua e do ator Guilherme Corrêa, o livro homônimo de Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho trata da vida após a morte, a partir do desencarne de Patrícia. Tudo com uma leveza e toques de humor que se encarregam de dar graça ao espetáculo. A trilha sonora foi composta especialmente por Claudio Suisso e os vinte atores que se revezam em cena são mais um atrativo para o público. 

A Editora Petit festejou em dezembro de 2003 o total de um milhão de livros vendidos. Segundo Ana Rosa, as pessoas vêm se interessando cada vez mais pelo tema da reencarnação. O cinema americano nos brindou com filmes como “Ghost” “O sexto sentido”, “Os outros” e tantos mais. A televisão brasileira também abordou a mesma temática em novelas como “A viagem”, “Almas gemas”, “O profeta” e “Amor, eterno amor”. Esse talvez seja um dos motivos do grande sucesso da peça teatral “Violetas na janela” que iniciou uma nova jornada neste ano de 2019 com produção de Eduardo Holmes no Sul.

Em Natal, o espetáculo será realizado no Teatro Riachuelo dia 24 de maio, às 21h, e os ingressos custam a partir de R$ 80.

18/05/2019 22:41

Domingo na Arena traz projeto Som na Caixa

Fotos: Divulgação

Domingo na Arena traz projeto Som na Caixa

Neste domingo (19), uma das atrações do Domingo na Arena é o projeto "Som na Caixa", que tem patrocínio da Arena das Dunas e Prefeitura do Natal por meio da Lei Djalma Maranhão. 

O talento potiguar que se apresenta, a partir das 17h, é o Grupo Estação de Teatro com o espetáculo "Estação dos Contos", uma contação de histórias intercaladas com músicas e brincadeiras populares, contadas e cantadas pelos atores Caio Padilha, Nara Kelly e Manu Azevedo.

As histórias de tradição popular Brinquinhos de Ouro, O céu de estrelas e O caso do Bolinho são alternadas com músicas originais, especialmente compostas para o espetáculo, além de músicas do cancioneiro infantil como Senhora D. Cândida e Encontrei Nossa Senhora, entre outras. Já as brincadeiras populares como Boca de Forno, Se eu digo sim, você diz não, Bambu e Adivinhas garantem a diversão da criançada.

 

Projeto Som Na Caixa com o espetáculo Estação dos Contos

Local: Praça externa da Arena das Dunas

Data: Domingo, 19 de maio

Horário: 17h

Acesso Gratuito

*O conteúdo deste blog não representa necessariamente a opinião do portal.