Cultura no Ponto

Rogério Pitomba e Jow Ferreira são as próximas atrações do Som da Mata

Fotos: Tiago Lima

Rogério Pitomba e Jow Ferreira são as próximas atrações do Som da Mata

Mesmo com uma amizade de quase 22 anos, Rogério Pitomba e Jow Ferreira, naturais de Natal, começaram trilhando caminhos musicais diferentes. A partir de 2013, passaram a tocar juntos em trabalhos de artistas potiguares como a cantora Bruna Hetzel, o baixista Daniel Ribeiro, o pianista Paulo César Vítor (PC), a Família Pádua, entre outros.

Em 2016, Pitomba mudou-se para Portugal e sua parceria e interação musical com Jow se intensificou a partir de 2018, ano em que este passou a viver lá também, ficando até março de 2020.

Esse período foi bastante fértil e inspirador, pois além de terem feito muitos concertos instrumentais juntos em Lisboa, a maior parte do repertório a ser apresentado no Som da Mata  foi composta por Jow na capital lusitana.

Para este show, no dia 4 de abril, às 16h30, eles convidam os amigos de longa data e grandes feras da música potiguar: Eduardo Taufic (teclados) e Júnior Primata 
(contrabaixo).

O projeto Som da Mata acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura do Natal, através da Lei Djalma Maranhão, e do aporte financeiro da UNIMED Natal, Arena das Dunas e Uniodonto RN, além do apoio do Governo do Estado, através do IDEMA e da Padaria Hora do Pão. 

Show de Rogério Pitomba & Jow Ferreira

Plataformas: Instagram (@somdamata) | Facebook (Som da Mata) | Youtube (Som da Mata).

Publicação: 4 de abril, às 16h30

Videodança inspirada na vida de Maria Boa fica em cartaz virtual até 14 de abril

Fotos: Amiel Abrantes

Videodança inspirada na vida de Maria Boa fica em cartaz virtual até 14 de abril

Realizada através de Lei Aldir Blanc, a videodança é exibida no canal do YouTube Ariadna Medeiros

 

Dona Maria é uma obra de ficção inspirada livremente na história de Maria Oliveira Barros, conhecida como Maria Boa, mulher que viveu em Natal/RN entre as décadas de 40 e 60 do século XX e transformou a sua imagem num ícone de beleza, empreendedorismo e empoderamento feminino. Em formato de videodança, assume uma estética que cruza elementos do audiovisual, com forte referência ao videoclipe, e da dança, em particular das modalidades das Street Dances Waacking e Twerk. Com a assinatura artística de Ariadna Medeiros, que se dedica há mais de 20 anos à pesquisa e ao desenvolvimento de técnicas relacionadas às danças urbanas e é atualmente uma das mais respeitadas artistas deste movimento no país, Dona Maria está disponível gratuitamente no YouTube até ao dia 14 de abril.

Para compor Dona Maria, Ariadna e sua equipe mergulharam num processo de investigação sobre os aspetos mais marcantes da vida de Maria Boa. “A ideia sempre foi mostrar a mulher forte, de decisões firmes e autônoma para realizar seus empreendimentos. Para isso, buscamos como foco o que de potente existiu na sua figura enquanto mulher de negócios e sem qualquer intenção de se tornar uma obra biográfica”, revela a artista que vem aprofundando seu trabalho artístico a partir da potência do feminino e da desconstrução do patriarcado como narrativa social e cultural.

Dona Maria assume um formato híbrido que explora o audiovisual e a dança com o propósito de estabelecer novas formas do fazer e do fruir a cultura. “Vivemos num mundo cada vez mais conectado com as tendências digitais e novos modelos de negócio inclusive para a cultura”, afirma a artista que busca inovação e independência para as suas criações.

A produção de Dona Maria aconteceu com o patrocínio da Lei Aldir Blanc, Fundação José Augusto, Governo do Estado do RN, Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal; e com o apoio do Neuma Leão Buffet e Veluska Leão Design. O envolvimento e a dedicação de vários profissionais foram fundamentais para a realização do projeto que, para além da interpretação de Ariadna Medeiros, conta com a direção de imagem de Anderson Leão, a cenografia de Veluska Leão, o registro fotográfico de Amiel Abrantes, a consultoria e o desenho de projeto por Ana Paula Medeiros, a produção executiva de Tatiane Fernandes e a produção geral da Mapa Realizações Culturais.

Ariadna Medeiros trabalha ainda em um novo espetáculo, Anónima, uma produção que também conta com recursos da Lei Aldir Blanc e estreia em breve. Para conhecer mais o trabalho da artista, é só seguir o Instagram @ari.ariadna e também se inscrever no canal do YouTube Ariadna Medeiros.

  

Dona Maria, videodança de 11 minutos

Canal do YouTube: Ariadna Medeiros

Link: https://www.youtube.com/watch?v=AZcT5xlf5eA

Disponível até 14 de abril

 

 

Contato - Cultura no Ponto: ivakaren@yahoo.com.br

Trio Braúna no Som da Mata On Line

Hoje, 28 de março, às 16h30, nas plataformas Instagram, Facebook e Youtube, acontece a apresentação do Trio Braúna, formado em 2020 por Filipe Felix no violino e bandolim, Camilo Lemos no violão de sete cordas e Jailton Medeiros na percussão, com o intuito de resgatar as músicas de compositores nordestinos de música instrumental do choro.


Aproveite para assistir ao show na sua casa. O trio se apresenta em eventos no estado levando um pouco desse gênero musical.


O projeto Som da Mata acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura do Natal, através da Lei Djalma Maranhão, e do aporte financeiro da Unimed Natal, Arena das Dunas e Uniodonto RN, além do apoio do Governo do Estado, através do Idema e da Padaria Hora do Pão.

Show do Trio Braúna
Plataformas: Instagram (@somdamata) | Facebook (Som da Mata) | YouTube (Som da Mata)
Publicação: 28 de março, às 16h30

Um clássico de Ruth Rocha no Parque

Juntes as crianças para assistir o Bosque Encena da próxima manhã de domingo (28), às 10h, nas plataformas Instagram, Facebook ou no YouTube.


O grupo Teart de Teatro irá apresentar o espetáculo O Reizinho Mandão, a história de um rei autoritário que reprimiu o povo utilizando o medo como um instrumento poderoso.
Baseado em um texto de Ruth Rocha, a peça aborda a liberdade de expressão, a consciência crítica, o sentido de justiça e a capacidade de reflexão, tudo isso tratado de forma lúdica para encantar o público de todas as idades.


O projeto Bosque Encena acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura do Natal, através da Lei Djalma Maranhão, e do aporte financeiro do CEI Romualdo Galvão, Unimed Natal e Espacial AutoPeças, além do apoio do Governo do Estado, através do Idema e da Padaria Hora do Pão.

Espetáculo O Reizinho Mandão
Cia Teart de Teatro
Plataformas: Instagram (@bosqueencena) | Facebook (Bosque Encena) | YouTube (Bosque Encena)
Publicação: 28 de março (domingo), às 10h
 

Cantor Isaque Galvão realiza “Live Proibida” neste domingo

Cantor Isaque Galvão realiza “Live Proibida” neste domingo

O cantor potiguar Isaque Galvão realiza neste domingo, 28, às 15h, a “Live Proibida” para beneficiar músicos que estão sem poder trabalhar neste momento de pandemia. A iniciativa acontece exatamente uma semana depois que o artista teve a transmissão ao vivo de um show beneficente encerrado no ar pela Polícia Militar.

“Nosso único objetivo é garantir o entretenimento de quem está em casa e arrecadar recursos para os cantores e músicos que tiveram o sustento prejudicado com o fechamento dos bares. Desta vez, vamos fazer tudo em um estúdio para garantir que o show não seja interrompido e interpretado pelas autoridades como aglomeração”, explica Isaque.

O show será transmitido pelo canal do YouTube Isaque Galvão Oficial e terá a participação dos cantores Aleff Henrique e Alyne Souza. Formam a banda base os músicos Carrapicho Batera, Arleno Bass e Lipe Guedes da Sanfona. No repertório da apresentação virtual não vai faltar samba, música boêmia, sertanejo e forró das antigas.

A nova live acontece com apoio cultural da Dore e o público poderá fazer doações de qualquer valor através do Pix 84987313634 (Felipe de Oliveira Campos) ou da conta do Banco do Brasil (Ag 15881 /Cc 34 2726/Isaque Paulo Rodrigues). Quem tiver interesse, também poderá colaborar com a doação de cestas básicas, combinando a entrega pelo telefone (84) 988410777.

"Live proibida" de Isaque Galvão
Domingo, 28/03, 15h
Youtube Isaque Galvão oficial

 

 

Contato - Cultura no Ponto: ivakaren@yahoo.com.br

Marcelo Miranda lança novo CD autoral "Do Modão ao Piseiro"

Marcelo Miranda lança novo CD autoral "Do Modão ao Piseiro"

Autor de “Vou Cair na Bebedeira”, o músico, cantor e compositor Marcelo Miranda lançou neste mês de março o seu novo CD autoral. Intitulado “Do Modão ao Piseiro”, o novo álbum é formado por uma mistura do sertanejo com o piseiro, ritmo que vem fazendo sucesso no Nordeste. O trabalho está agradando muito aos fãs e baladeiros de todo o Brasil.

Marcelo começou a carreira aos 15 anos como vocalista do Grupo Liberdade. Logo em seguida seguiu carreira solo, fazendo shows nos melhores bares de São Paulo. Em 2012, o cantor fez a sua primeira turnê no Nordeste, começando pelo Ceará, onde em três meses realizou inúmeros shows e participou de uma das festas mais tradicionais da região, o “Tejubode”.

Um dos seus principais sucessos, o hit “Vou Cair na Bebedeira”, ganhou repercussão nacional através dos programas "A Tarde é Show", com Nani Venâncio, e também no "Em Revista", com Eve Sobral.

Paulista de nascimento, Miranda adotou Natal, capital do Rio Grande do Norte, como a sua cidade do coração, onde está morando desde que gravou o clipe da música “Vou Cair na Bebedeira”. Em 2020, ano desafiador para todos com a pandemia da Covid-19, o cantor se aproximou ainda mais dos seus fãs na internet com a realização de lives e produção de novas músicas.

Para acompanhar o trabalho de Marcelo Miranda nas redes sociais, é só acessar o instagram @marcelomirandaf e o canal do Youtube @marcelomiranda.

Blogs


Clique aqui e receba nossas notícias gratuitamente!