15/03/2019 06:55

EUA acenam com fortalecimento do turismo cultural em Natal

EUA acenam com fortalecimento do turismo cultural em Natal

O turismo no Rio Grande do Norte pode ganhar novo impulso, com a ajuda dos Estados Unidos. O encarregado de negócios da embaixada americana no Brasil, Willian Popp, disse nesta quarta-feira, 13, que a América tem interesse em fortalecer o Museu da Rampa e o acervo da fundação. Popp esteve reunido com o senador Jean Paul Prates (PT-RN), na sede da embaixada, em Brasília.

Jean Paul destacou a importância de incentivar a visitação e o fortalecimento dos museus que contem acervos da 2º Guerra Mundial. Ele ressaltou que, o Brasil e os EUA têm acervos de valores vultosos tanto do ponto de vista histórico quanto cultural. “Precisamos fortalecer o intercâmbio cultural entre o Brasil e o Estados Unidos, além de fomentar o turismo entre os dois países”, disse.

Popp informou ainda que, nos dias 27 e 28 de março, uma equipe do consulado dos Estados Unidos no Recife visitará Natal. “Queremos colaborar com o projeto e buscar formas de atrair o público americano e brasileiro”, disse. No encontro, Jean Paul destacou a importância da construção de uma relação diplomática da esquerda americana com a brasileira.

Segunda Guerra

O acervo da Fundação Rampa contém registros da 2° Guerra Mundial e conta um pouco da história de Natal com os americanos em 1942.  A cidade foi um ponto de apoio para as forças militares dos EUA devido à sua posição geográfica e pela proximidade de países europeus e africanos.

Todos os anos, a Fundação Rampa relembra e encena o encontro do presidente Getúlio Vargas com Franklin Delano Roosevelt, ocorrido em 1943. Os dois chefes de Estado circularam pela cidade e assinaram acordos entre o Brasil e os Estados Unidos.